Agência do Banco do Brasil é assaltada em Malhada

Quinta / 28 Fev 2013 / 00h00

Uma agência bancária do Banco do Brasil no município de Malhada, no sudoeste da Bahia, foi assaltada por volta das 11h50min, no final da manhã desta quinta-feira, 28 de fevereiro. Segundo a polícia, dois homens armados e encapuzados desceram de uma moto Broz, de cor laranja, desarmaram os dois vigilantes e anunciaram o assalto. Eles quebraram uma das portas giratória, invadiram a agência e roubaram dinheiro.

Policiais militares saíram dos municípios de Malhada e Carinhanha em perseguição, mas o pneu da viatura segundo eles acabou estourando. A Brigada Militar segue fazendo buscas na região, mas até o momento ninguém foi preso.

Os bandidos aproveitaram que o carro forte deixou os malotes, já que sexta-feira (1) é dia de pagar funcionários e aposentados. O assalto aconteceu minutos após, o caro forte deixar a cidade de Malhada. O valor levado ainda não foi informado pela agência.

De acordo com informações colhidas pela nossa reportagem, os bandidos conhecem muito bem o trecho, já que fugiram em uma moto por um caminho de estrada ruim. Um cidadão informou a nossa equipe, que desde cedo, esses dois homens foram visto nas imediações da Praça de Santa Cruz, em atitudes suspeitas.

Em conversa com a nossa reportagem, o gerente da agência não quis falar muito sobre o caso. Ao ser questionado se o dinheiro que foi levado pelos assaltantes, foi o que havia chegado pelo carro forte ou do caixa. O gerente não respondeu a pergunta. Outra informação é que neste assalto os bandidos levaram menos do que na última vez há seis anos.

Em 2007, Seis bandidos armados com fuzis e escopetas levaram pânico aos moradores da sede, chegaram até fuzilar a porta do Banco do Brasil e roubaram todo dinheiro dos caixas. Os bandidos fugiram numa caminhonete Ford F-350 levando o gerente da agência e os dois vigilantes como reféns, atirando para o alto. Cerca de 12 km depois, libertaram os três.

 

João Miguel