UPB lança campanha Seca na Bahia Solidariedade Já!

Quarta / 30 Mai 2012 / 00h00

A UPB movida pela necessidade dos municípios baianos que enfrentam a maior seca dos últimos 47 anos, lança no dia 01 de junho a campanha Seca na Bahia Solidariedade Já!. O evento será realizado no auditório da UPB das 8 às 13h. Serão debatidas as estratégias para atendimento às famílias que estão sofrendo com a estiagem no estado.

Na abertura do evento o climatologista Paulo César Espinosa falará sobre a relação entre clima, estiagem, recursos hídricos e outros aspectos técnicos climáticos. Em seguida serão apresentadas as medidas assistenciais e emergenciais de longo, médio e curto prazo, apresentando as ações do governo e UPB para os municípios.

Participarão do evento o vice-governador Otto Alencar, o diretor executivo da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), José Vivaldo Mendonça, o coordenador do GT SOS Seca, Roberto Freire, representantes da Casa Civil e da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), entre outras autoridades

A iniciativa da UPB já em execução busca firmar parceria com empresas da iniciativa privada criando uma rede solidária em auxílio dos municípios. O plano de ação desta iniciativa inclui doações de cisternas emergenciais, tanque-pipa flexível de PVC, purificador de água e cestas de alimentos que serão repassados aos municípios.

CAMPANHA – A UPB lançou campanha de enfrentamento as dificuldades geradas pela seca na Bahia (Solidariedade Já), a mais intensa dos últimos 47 anos. O objetivo é arrecadar doações da iniciativa privada e da sociedade civil na aquisição de equipamentos, alimentos e serviços que minimizem os impactos causados pela longa estiagem.

Ao todo já somam mais de 242 municípios em situação de emergência. Na zona rural os principais prejuízos causados pela seca,são as perdas da lavoura e da pecuária. O longo período de estiagem, o fornecimento de água cada vez mais comprometido e os prejuízos na agricultura já fizeram os preços dos alimentos dispararem levando a população a passar por dificuldades até mesmo na aquisição de cestas básicas.

Mensalmente são necessários aproximadamente 30 milhões para atender as zonas em estado critico. Por isso a mobilização popular é importante para ajudar a zona rural atingida pela falta d´água. Para maiores informações e contribuições no site www.secanabahia.com.br ou pelo telefone (71) 3115-5999.