voltar ao topo

iCaetité

últimas notícias:

Caetité: homem vende carro e cai no golpe do depósito bancário falso

Festa de Sant’Ana 2017: um festival de fé, cultura e alegria em Caetité

Jovem é preso suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas em Caetité

Mais de 100 carros de boi participam de desfile em Caetité

Jovem é preso por tráfico de drogas em Bom Jesus da Lapa

Feira de Santana: Apostadores ateiam fogo em carros após suspeita de fraude em bingo

Carinhanha: casa foi tomada pelas chamas; proprietário suspeita que incêndio tenha sido criminoso

Riacho de Santana: Moto roubada é recuperada pela Polícia Militar

Jovem comete suicídio na zona rural de Carinhanha

Riacho de Santana: Homem morre em grave acidente na BR-430

FHC nega ‘acordão’ contra Lava Jato e defende diálogo “às claras” sobre crise

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

Bahia: 15 casos suspeitos de febre amarela são notificados em oito municípios

Prefeitura de Guanambi renova convênio de concessão do terminal rodoviário

Brumadense preso em Guanambi é alvejado por policiais ao tentar fugir da custódia

Caetité: Álvaro Montenegro é homenageado em Salvador com 'Medalha Tiradentes'

Bom Jesus da Lapa: Dupla atira e mata adolescente confundido com criminoso

Temer negociou propina de US$ 40 milhões para PMDB, diz delator

Homem comete suicídio por enforcamento na zona rural de Matina

Vacinação contra a gripe Influenza começa na próxima segunda-feira (17), em Guanambi

Guanambi: Estelionatários usam dados de mulheres e contraem empréstimos; prejuízo é de mais de R$ 100 mil

Sexta / 30 Dez 2016 / 09h02
Foto: Jorge Santana | Sudoeste Bahia

Duas mulheres tiveram, em soma, um prejuízo de mais de R$ 100 mil em empréstimos contraídos em seus nomes por terceiros. As vítimas registraram as ocorrências na delegacia Territorial de Guanambi, na quinta – feira (29/12), onde em depoimento à polícia informaram que só souberam das ações ao consultarem seus dados pessoais nos serviços de análises de créditos. Uma das mulheres relatou que tomou conhecimento que seu nome estava com restrições de crédito e, ao consultar seus dados pessoais, descobriu que estelionatários os utilizaram para contrair diversos empréstimos, que totalizaram um montante no valor de R$ 93.005,97 (noventa e três mil e cinco reais e noventa e sete centavos). No segundo caso, a vítima relatou também que elementos não identificados utilizaram seus dados pessoais e efetuaram um empréstimo, junto ao Banco do Brasil, no valor de R$ 43.355,46 (quarenta e três mil e trezentos e cinquenta e cinco reais e quarenta e seis centavos). Em comum, as vítimas disseram que nunca forneceram e nem autorizaram qualquer pessoa utilizar seus dados pessoais para efetuar tais operações financeiras. Os casos seguem sob investigação.